Grupo Escoteiro Velha Figueira 260°/SP

domingo, 1 de janeiro de 2012

Nó Direito


Nó Direito

Utilizado para unir dois cabos de mesmo diâmetro e para finalizar algumas amarras. Não deve ser utilizado para montanhismo ou rapel.
1/5
Ou acompanhe o vídeo abaixo:

Volta do fiel


Volta do fiel

A volta do fiel (também conhecido como nó de porco ou nó de amarrar porco ou nó do cravo) no escotismo é utilizado como base de amarras, na rua crianças usam-no como o famoso nó de arraia. Ele pode ser utilizado para amarrar um animal à estaca, atracar um bote ao cais, etc.
1/6

Canção da despedida


Canção da despedida

Por que perder a esperança
De nos tornar a ver?
Por que perder a esperança
Se há tanto querer?
Refrão:
Não é mais que um até logo,
Não é mais que um breve adeus.
Bem cedo junto ao fogo
Tornaremos a nos ver.
Com nossas mãos entrelaçadas
Ao redor do calor
Formemos esta noite
Um círculo de amor
(Refrão)
Pois o Senhor que nos protege
E nos vai abençoar
Um dia, certamente
Vai de novo nos juntar.
(Refrão).

ESPECIALIDADES Conservacionismo


Conservacionismo

Desejamos que todo o jovem que tenha sido um Escoteiro faça o melhor possível para ser, na idade adulta, um Homem ou uma Mulher AMANTE DA NATUREZA E CAPAZ DE RESPEITAR SUA INTEGRIDADE.
Mesmo no tempo em que ainda nem existia a palavra “Ecologia”, a preocupação com a preservação com o meio-ambiente já estava presente no nosso Movimento. Baden-Powell insistiu sempre em afirmar que “o Escoteiro vê a natureza como obra de Deus, e protege os animais e as plantas”. Apoiando-se essa idéia, criou-se aInsígnia Mundial do Conservacionismo.
Mas a atenção dispensada aos animais e as plantas, por si só, não traduz toda a nossa preocupação com a natureza.
No Movimento Escoteiro, temos consciência de que a natureza é uma unidade viva de extrema complexidade, constituida pelas relações mútuas entre um número muito grande de espécies vegetais e animai9s em um ambiente determinado.
O ser humano e a sociedade, embora evoluídos e autônomos, são extremamente dependentes desse “sistema ecológico”.
O crescimento industrial desencadeou forças criadoras que podem ser utilizadas para nos proporcionar uma vida com melhor qualidade; mas este mesmo crescimento desencadeou tambem forças destruidoras que tendem a arruinar o sistema ecológico, pela exploração insensata que envenena as fontes vitais de que tanto dependemos: a terra, a água e o ar.
A conquista da Insígnia Mundial de Conservacionismo oferece a você a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as complexas relações entre o Homem, a sociedade e o ambiente em que vivemos, e pode ajudá-lo a desempenhar um papel bastante importante no esforço para fazer com que essas relações se desenvolvam sem colocar em risco o futuro das próximas gerações.
Embora incluída no “Guia de Especialidades”, a I.M.C. NÃO é mais uma Especialidade.
Como as Especialidades, a Insígnia Mundial de Conservacionismo pretende ser um ponto de partida, estimulando-o na obtenção e no exercício de conhecimentos em torno de um ponto específico, ajudando-o a desenvolver novas aptidões, motivando a exploração de novos interesses e, em consequência, ajudando-o a se tornar uma pessoa melhor preparada para enfrentar a vida.
Ainda como as Especialidades, a Insígnia Mundial de Conservacionismo tambem se desenvolve em três níveis, agora denominados “Etapas”.
E você pode escolher qual delas você deseja conquistar.
Como você verá mais adiante, a Etapa Marrom, a Etapa Verde e a Etapa Azul da I.M.C. guardam entre si uma relação de crescente complexidade.
Por todas essas afinidades e, principalmente, pelo seu caráter igualmente complementar, nos pareceu adequado tratar da Insígnia Mundial de Conservacionismo no Guia de Especialidades.

Etapa Marrom

Panda Marrom1. Tomar parte, de preferência em um grupo, em dois projetos, tais como:
  • Limpar um arroio, valo ou vertente de água natural.
  • Fazer, colocar e manter, uma caixa para ninho de pássaros.
  • Tomar parte em um trabalho coletivo de observação da Natureza, fazendo desenhos e expondo na sede.
  • Preparar um trajeto natural ou uma competição do tipo “Roteiro Ecológico”, na sua Seção, desenvolvendo posteriormente o projeto.
  • Escolher um animal selvagem, árvore, pássaro ou peixe, descobrir tudo o que puder sobre ele e fazer um relatório do trabalho com desenhos, fixando-os em cartolina na parede da sede.
  • Visitar um Jardim Botânico, ou Jardim Zoológico, ou Parque Natural, ou Museu de História Natural e ver um filme sobre animais ou plantas. Relatar todas as observações, ilustrando o relato com desenhos, e apresentá-lo à sua Seção.
  • Possuir um mascote e velar por ele cuidadosamente. Manter anotações sobre a conduta do mascote, de seus costumes de alimentação e dos cuidados a ele dispensados. Reconhecer e saber como tratar suas enfermidades mais comuns, e os cuidados especiais de que possam necessitar seus filhotes.

Não manter em cativeiro animais selvagens, a título de mascotes, por que eles tem poucas chances de sobreviver; seguem-se alguns exemplos de animais que podem ser mantidos como mascotes, se tratados com os devidos cuidados: Porquinho-da-Índia, coelho, gato, cão, pombo, ovelha e algumas espécies de aves, de acordo com informações locais.

2. Fazer uma expedição ao campo, com sua equipe, para:
  • Encontrar alguns exemplos de como o homem tem danificado a natureza e de como o homem contribui para melhorá-la.
  • Escrever algumas regras sobre o comportamento no campo ( um código de campo ), e demonstrar o que tem feito para cumprí-las.

3. Fazer um dos seguintes trabalhos, apresentando relatório à sua seção:
  • Descobrir um animal, pássaro, planta ou peixe que esteja em extinção ou ameaçado de extinção em nosso país, investigando o que se poderia fazer para salvá-lo.
  • Descobrir que espécies de plantas ou animais estão em maior perigo de extinção no mundo, o que se poderia fazer para tentar salvá-las, e verificar se você, pessoalmente, poderia tomar alguma providência concreta para isso, procurando chamar a atenção de outros jovens de sua idade e adultos, por maio de palestras, cartazes, reuniões no colégio e na comunidade onde resida.

4. Em conjunto com seu grupo de trabalho, pesquisar sobre um dos seguintes processos naturais, preparando cartazes para exposições sobre o assunto, no grupo ou no colégio:
  • Observar o desenvolvimento de uma planta, de uma borboleta, ou de um sapo e relatar este desenvolvimento, acompanhado de desenhos, fotografias, ilustrações de livros, etc.
  • Levar a cabo, com sua equipe de trabalho, uma experiência que demonstre o perigo da erosão do solo ou os efeitos produzidos pela contaminação da água ou do ar.
  • Demonstrar um dos fenômenos naturais seguintes:
    • Como a água se eleva através da terra e umedece o solo ( ação capilar );
    • A existência do oxigênio no ar;
    • Como as plantas produzem oxigênio.

5. Melhorar o ambiente do local da sua residência, trabalho ou estudo, plantando árvores, grama ( em áreas nuas ou a descoberto ) ou semeando flores e folhagens ( em floreiras, sementeiras ou jardins interiores ) e promover uma vinda de sua seção ao ambiente melhorado.

Etapa Azul

Panda Azul1. Participar, com a equipe, de uma discussão com os escotistas, e com especialistas no assunto, sobre o que constitui o meio ambiente natural, e o efeito da ação do homem sobre ele, destacando como tal ação está prejudicando o equilíbrio da natureza, e o que se pode fazer para restabelecer o equilíbrio ecológico.
2. Tomar parte em pelo menos duas atividades que tenham algo a ver com o meio ambiente, em cooperação com outras entidades e instituições conservacionistas; a tarefa deverá incluir o estudo atual de um problema ambiental, suas causas e suas possíveis soluções, e a apresentação à sua seção de um relato do trabalho de campo realizado, ilustrado com fotografias, mapas, diagramas ou outro material visual.
3. Familiarizar-se com alguns dos principais aspectos relacionados com o meio ambiente, tais como:
  • Significado de termos como: Ecologia, conservação, cadeia alimentar, biócitos, reciclagem, fotossíntese, materiais orgânicos e inorgânicos, biodegradáveis, húmus, material não-renovavel, nicho ecológico e outros.
  • Os efeitos do fogo, do desmatamento, da erosão pluvial e eólica, da contaminação das águas correntes, da poluição do ar e da ação do homem sobre a vida silvestre.
  • Causas das inundações e seus métodos para controle, regime de chuvas, mananciais hídricos, lençol freático.
  • Efeitos da extinção de algumas espécies animais ou vegetais sobre o equilíbrio ecológico.
  • Benefícios para o meio ambiente decorrentes da atuação dos animais de rapina; prejuizos e benefícios decorrentes do uso de inseticidas nas lavouras.
  • As atividades de caça realizadas pelo homem e pelos animais: diferenças das finalidades e dos efeitos

4. Realizar duas das tarefas abaixo:
  • Organizar uma listagem de entidades conservacionistas que atuam no país e no exterior, mantendo contato com duas delas e expondo à sua Seção o resultado desses contatos.
  • Assinalar em um planisfério a localização das áreas das maiores reservas naturais; no mapa do Brasil, assinalar os parques nacionaise explicar à sua Seção as razões que levaram à sua criação.
  • Demonstrar que conhece a legislação brasileira relacionada com a preservação ambiental; por meio de pesquisa efetuada em literatura especializada, apresentar à sua Seção um estudo comparativo entre a legislação brasileira e aquela adotada em outros países.
  • Etapa Verde

    Panda Verde1. Realizar duas das seguintes atividades:
    • Juntamente com outros membros da equipe, pesquisar as causas dos seguintes problemas, elaborando um relatório ilustrado de suas conclusões, para apresentação a sua seção:
      • Contaminação da água;
      • Erosão do solo
    • Preparar, para distribuiçào entre excursionistas e campistas, uma lista de orientações sobre o que se deve fazer, em um camping. Para evitar a contaminação e destruição dos aspectos naturais do local;
    • Descrever, explicar e ilustrar o ciclo geral do oxigênio, fazendo uma exposição detalhada para os demais membros de sua seção, sua classe de aula ou aos jovens de seu bairro, procurando interessá-los no assunto;
    • Levar a cabo um estudo de plantas e animais, preparando um relatório dos que estão em vias de extinção, destacando a região do país em que isso se verifica e as causas do fenômeno; o estudo pode incluir trabalhos de campo e outras formas de pesquisa.

    2. Realizar individualmente duas das seguintes atividades:
    • Recolher água lodosa de um arroio ou riacho em movimento, em um recipiente transparente de boca larga, e deixar em repouso por seis horas; observar a quantidade de sedimentos que se acumularam no fundo e discorrer sobre a procedência do sedimento e porque ocorre esse fenômeno.
    • Demonstrar, por meio de uma experiência, como se perde a terra com o vento, as chuvas e o seu mau uso pelo homem, e como se pode evitar que ocorram os fenômenos da desagrwegação e da erosão.
    • Realizar o estudo de um bom solo, se possível com o auxílio de um especialista, fazendo desenhos e esquemas e apresentá-los à sua seçào.
    • Demonstrar à sua seção, por meio de uma experiência, os efeitos da qualidade do solo sobre o desenvolvimento de uma semente.
    • Demonstrar o efeito do excesso de gases poluentes na atmosfera
    • Manter, durante um mês, um registro diário do clima, gerando um boletim meteorológico que inclua: chuvas, sol, nuvens, temperatura, umidade do ar, direção e velocidade dos ventos, etc.
    • Fazer um diagrama completo do ciclo da água, explicando o significado dos seguintes termos: precipitação, derramamneto, evaporação, condensação e lençol freático.
    • Estimular, nas atividades da seção e em sua casa, o uso de produtos de limpeza biodegradáveis, explicando como atuam esses produtos e a importância de sua utilização.

    3. Como membro de uma equipe, executar duas das seguintes atividades:
    • Selecionar um caminho natural, em região de mata, e conservá-lo durante um período não inferior a um mês.
    • Fazer arranjos práticos para a alimentação de aves e outros animais silvestres em seu habitat natural.
    • Fazer, manter e cuidar de umreservatório ou proteção para peixes, pássaros ou anfíbios.
    • Construir um refúgio de observação da natureza; usá-lo e apresentar relatório de suas observações.
    • Realizar, sob a orientaçào de um especialista, um trabalho de poda e cirurgia vegetal em local apropriado e na época adequada.
    • Planejar e realizar, com sua equipe, uma campanha sobre o lixo ou resíduos industriais, esclarecendo os colegas do colégio ou os vizinhos de bairo sobre medidas para evitar desperdícios.

    4. Participar de um projeto local, nacional ou internacional, que tenha por objetivo melhorar o meio ambiente, apresentando relatório descritivo das diversas fases que permita a avaliação dos conhecimentos adquiridos.

ESPECIALIDADES Ramo SERVIÇOS


Serviços

O Ramo SERVIÇOS envolve as especialidades que se voltam, por excelência, para a prestação de um serviço de qualquer natureza ao nosso semelhante, em todos os campos da atividade humana, incluindo a saúde, a religião, as tarefas de natureza doméstica ou comunitária e outras formas de servir.
Os distintivos adquiridos, são usados na manga esquerda do uniforme.
AdministraçãoAgriculturaAlfabetização
Animação da FéAqüiculturaBabá
BiblioteconomiaBolsa de ValoresCarpintaria
CartografiaConfeitariaConstrução Civil
Criação de Animais de EstimaçãoDecoraçãoDefesa Civil
EncadernaçãoEntrega de MensagensEstilismo
EtiquetaFaixa do CidadãoHorticultura
Informações TurísticasIntegraçãoInternet
InvestigaçãoJornalismoLides Campeiras
LínguasManutenção ElétricaMarcenaria
MarinhariaMecânica AéreaMecânica de Automóveis
Mecânica de Motor de PopaNavegação AéreaNutrição
Observação AéreaPaisagismoPinturas
Prevenção ao CrimePrevenção ao Uso de DrogasPrevenção de Incêndio
Prevenção em SaúdePrimeiros SocorrosProdução de Laticínios
RadioamadorismoRadioescutaReparos Domésticos
Reparos em FibraSalvamentoSecretariado
Segurança no TrânsitoSegurançaSerralheria
SinalizaçãoSobrevivênciaTopografia
VendasVitrines